O que é

wiperblades_whatitis_image

As escovas limpa-vidros originais distribuídas pela Mopar® adaptam-se perfeitamente à forma e à inclinação do para-brisas porque são projetadas especificamente para cada modelo do Grupo Fiat.

Escovas limpa-vidros eficazes são sinónimo de boa visibilidade e, logo, de segurança: sabia que cerca de 20% dos acidentes rodoviários são causados por fraca visibilidade? Limpa-vidros e lâmpadas eficientes, aliados a uma adequada ventilação do habitáculo, ajudam a melhorar a visibilidade.

Aproveite os Check-ups sazonais da Rede Autorizada FIAT para iniciar cada viagem em condições de segurança.

Em contato com um Concessionário para: Marcação Estimativa de preço Informação
  • Braço do limpa-vidros: é a parte, geralmente metálica, que transfere o movimento gerado pelo motor do dispositivo à escova limpa-vidros.
  • Conetores: ligam a escova ao braço do limpa-vidros e é do seu perfeito projeto que depende a eficácia da limpeza e um baixo ruído. Os limpa-vidros originais distribuídos pela Mopar® asseguram sempre a melhor ligação, pois são projetados especificamente para cada modelo.
  • Guia elástica (interna ou externa à parte de borracha) garante que a pressão de contacto é distribuída de modo homogéneo ao longo de todo o comprimento da escova, a fim de garantir uniformidade de limpeza. Nas escovas Flat Blade, a guia elástica metálica é realizada com uma curvatura muito complexa, impecavelmente desenhada a partir do formato do vidro para garantir a perfeita adesão de todo o comprimento da escova ao vidro.
  • Lâmina reversível, de borracha natural ou sintética de mistura dupla, deve garantir a máxima flexibilidade à inversão de movimento. Para garantir esta capacidade, a parte de borracha em contacto com o vidro é revestida com um composto antiaderente à base de grafite. Um vidro perfeitamente molhado ajuda a inversão, permitindo que a escova deslize sobre uma camada de água com altura entre 20 a 200 nm (nanómetro=1nm=1/1.000.000 mm).

A parte de borracha é a mais sujeita a desgaste com o passar do tempo.
Independentemente da utilização, a parte de borracha deteriora-se apenas com a exposição aos agentes atmosféricos (raios UV, ozono, fortes variações de temperatura).

  • Spoiler: Graças ao spoiler do lado do condutor, a limpeza é ótima mesmo a alta velocidade. Pode estar presente nas escovas tradicionais para lhes melhorar a aerodinâmica e reduzir o ruído de funcionamento. Nas escovas Flat Blade, desempenha um papel fundamental, favorecendo a criação da correta pressão da escova sobre o vidro. O spoiler encontra-se apenas do lado do condutor, onde a lâmina é perpendicular ao fluxo de ar. Por norma, não está presente no lado do passageiro, onde a lâmina é paralela ao fluxo de ar.
Existem em comercialização essencialmente dois tipos de escovas: as tradicionais e as inovadoras Flat Blade.

Escovas tradicionaisDescobrir

Escovas Flat BladeDescobrir

Líquido detergenteDescobrir

Sabia que?

Mais rigoroso onde é necessário
 

Mais rigoroso onde é necessário<br /> 

O sistema de limpeza deve ser mais rigoroso exatamente onde é necessário, ou seja, na área de visibilidade do condutor.
Este desempenho só se obtém se braço, escova e para-brisas forem projetados em conjunto. As escovas limpa-vidros originais distribuídas pela Mopar® adaptam-se perfeitamente à forma do para-brisas e às características do braço do limpa-para-brisas, pois foram projetadas especificamente para cada modelo.

Por quê escolher escovas originais

Por quê escolher escovas originais

As melhores escovas limpa-vidros mantêm a qualidade de limpeza até 6 meses, período durante o qual efetuam cerca de 125.000 limpezas: como se limpassem uma superfície correspondente a 13 campos de futebol! As escovas são quotidianamente expostas a condições difíceis, mesmo sem ser em viagem: calor ou frio, neve, gelo, poeiras, chuvas ácidas e raios UV prejudicam a sua duração.

Decorridos os primeiros 6 meses, a qualidade da borracha começa a deteriorar-se: em Itália, o intervalo médio de substituição das escovas dianteiras é de 2 anos, enquanto para a escova traseira é de 5.

Como contributo ativo para a segurança, recomenda-se o controlo periódico do estado de desgaste das escovas anteriores e posteriores e a sua substituição sempre que necessário.

As escovas "cresceram" com o passar do tempo

As escovas

Nos últimos 30 anos, entre as muitas evoluções técnicas dos automóveis, também os para-brisas mudaram: tornaram-se mais amplos e confortáveis, para garantir a melhor visibilidade possível.

Acompanhando esta mudança, os limpa-para-brisas foram reprojetados, as dimensões aumentaram e a complexidade das especificações de construção também.

Para dar um exemplo, basta pensar no 500: o utilitário nascido nos anos 60 tinha escovas em arco metálico com comprimento de cerca de 30 cm, enquanto o novo 500 tem escovas de tipo Flat Blade com cerca de 70 cm!

Os conselhos da FIAT

Alguns cuidados simples ajudam a fazer com que as escovas durem mais:

  • Limpeza regular
    A limpeza da parte em borracha é uma operação simples e rápida que deveria ser efetuada periodicamente, também para remover detritos (folhas, pequenos ramos) que podem danificar o perfil da lâmina de borracha. Passe um pano limpo embebido em detergente desengordurante nos dois lados da lâmina de borracha, no sentido do comprimento.
  • Gelo e neve
    Atenção a não acionar o limpa-vidros quando o para-brisas estiver com gelo! A lâmina de borracha poderia danificar-se irreparavelmente: é sempre melhor retirar o gelo com uma espátula própria ou utilizando um spray descongelante.
  • Detergente específico
    Um líquido detergente específico para vidros é sempre melhor do que água: facilita o deslizamento das escovas, permite maior limpeza da superfície e aumenta a velocidade de saída do líquido. Recomenda-se a utilização de Petronas Tutela Professional, inovador detergente para para-brisas à base de tensioativos aniónicos que limpa, desengordura e remove eficazmente insetos, resíduos oleosos e smog sem deixar auréola. É compatível com os materiais com que entra em contacto, como zonas pintadas, peças de borracha e de plástico e cromados em geral.

É melhor substituir sempre ambas as escovas. As escovas são um componente sujeito a desgaste. Uma diferente antiguidade das escovas não permitirá atingir a máxima eficácia a longo prazo.

Para sua segurança, mude sempre ambas as escovas limpa-para-brisas e peça as escovas originais distribuídas pela Mopar®.

wiperblades_advices_image

Autodiagnóstico

As escovas limpa-para-brisas não são sujeitas a prazo de validade standard em termos de quilometragem ou de tempo. Como saber que chegou o momento de substituí-las?

wiperblades_selfdiagnosis_1_image

Finas riscas de água no para-brisas

O facto de persistirem sobre o vidro finas riscas de água poderá dever-se a desgaste das partes de limpeza em borracha por deterioração das suas qualidades.

Com um pano embebido em detergente efetue a limpeza assim que possível e, caso o problema se mantenha, não hesite em substituí-las na sua Oficina Autorizada.

wiperblades_selfdiagnosis_2_image

As escovas vibram ou fazem ruído

A anomalia poderá dever-se a:

  • Utilização de um detergente inapropriado.
  • Deterioramento das qualidades da borracha de limpeza devido a antiguidade ou por ter estado exposta a fortes variações de temperatura.
  • A um errado ângulo de funcionamento do braço por estar danificado.
  • A uma montagem incorreta do conetor.
  • A uma escova não projetada para o seu veículo.
wiperblades_selfdiagnosis_3_image

Para-brisas com marcas

A presença de marcas evidentes de água pode implicar uma perigosa redução de visibilidade. As causas são quase certamente devidas a deterioração/danificação das escovas. Não corra riscos inúteis e substitua-as o mais rapidamente possível por um par de escovas limpa-para-brisas novas.

wiperblades_selfdiagnosis4_image

​Presença de áreas não perfeitamente limpas

Este inconveniente poderá surgir se:

  • As escovas não forem de dimensão correta.
  • A escova tiver sofrido uma deformação.
  • Em caso de curvatura não ideal da escova Flat Blade relativamente ao para-brisas.
  • Houver uma incorreta conexão escova/braço.